As Digital Fashion Week - Faire
TOP

As Digital Fashion Week

Qual é este fenómeno a tomar a indústria da moda de assalto? O que são as Digital Fashion Week? Será que estas estão de passagem ou vieram para ficar?

Numa fase ainda de relaxamento de medidas restritivas relativas a atividades sociais, de lazer, e económicas, há, no mundo da moda, um fenómeno que se impõe: as digital fashion weeks. De forma a reduzir o contacto humano passível de ser evitado, muitas marcas e muitas semanas da moda por todo o globo estão a pensar em formas menos convencionais de servir o seu propósito: aproximar o público, os consumidores, e a indústria. 

O modelo convencional, visto por alguns já, numa fase pré-Covid 19, como um modelo já em declínio, com grandes marcas a adotar estratégias See Now Buy Now, para acompanhar o mercado de uma forma mais compassada com o mesmo, sem o habitual desfasamento da indústria, e reduzindo o gap temporal entre a produção e a comercialização. 

Este modelo, muito custoso para as marcas e para todos os intervenientes da indústria pode agora ser substituído por outro, um evento também este virado para o setor, mas mais abrangente na sua génese e com múltiplas possibilidades até agora inexploradas. Que custos são inerentes a este mesmo modelo? Implica uma inversão em equipas multidisciplinares, desde o copywriting à produção de vídeo, mas podem também dar uma liberdade às marcas de se comunicarem nunca explorada. Em vídeo, o conceito, ideia, é explorada em vários aspetos, possivelmente de uma forma mais facilmente assimilável pelo consumidor, comparada com o formato a que estamos acostumados, mais centrado nas próprias peças, na cenografia, na localização e na música, aspetos estes que podem certamente continuar a ser explorados. É um acréscimo de informação comunicada, muito eficaz em marcas que pretendem transmitir ideias e valores que, sendo estes intangíveis, podem vir a beneficiar muito deste aspeto. Perde-se a proximidade à marca, dos consumidores e parceiros que viram o desfile pessoalmente, mas num mundo cada vez mais globalizado, o que se ganha? Um maior mercado, alcançado públicos mais dispersos geograficamente? Provavelmente, mas só para aquelas marcas que se souberem comunicar eficazmente.

Fashion Week
Fashion Week

Devido ao fator novidade, e à falta de evidência física, as perguntas são ainda manifestamente superiores em número do que as respostas, mas no caso específico da London Fashion Week (12 a 14 de Junho de 2020), a primeira de grande dimensão a acontecer no setor, neste modelo, vimos que os a criatividade floresceu, e permitiu às marcas encontrarem novas formas de se expressar, assim como abordar assuntos prementes ao diálogo que a moda providência, de outras formas. Podem ver todo o conteúdo publicado em https://londonfashionweek.co.uk/

Esperamos para ver o que nos reserva o futuro das semanas da moda.

Por: Bruno Carvalho