Fast Talks “Fashion and Experiences” marcam o início da ModaLisboa Insight

A ModaLisboa Insight teve início ontem nas carpintarias de São Lázaro, em Lisboa, com o já habitual debate Fast Talks. A associação mantém o compromisso com a cidade, promovendo novamente a inclusão de espaços histórico-culturais na agenda do evento.

As Fast-talks foram precedidas por uma frenética apresentação de coleções dos designers António Castro, Cristina Real, David Pereira e Filipe Augusto numa experiência de moda envolvente que dominou por completo o renovado espaço das carpintarias. Os 4 designers estarão incluídos na plataforma Workstation durante todo o evento. Esta plataforma, criada para “divulgar e revelar novos talentos na área da fotografia, ilustração e moda” segundo a organização, mostra assim coleções que, integradas na temática Insight, pretendem refletir a forma como a realidade é encarada por nós e promover uma consciencialização social.

O tumulto das apresentações de moda foi depois dando lugar à tranquilidade, à medida que, no piso inferior, as cadeiras dispostas ao redor dos oradores eram ocupadas pelo público.

Nesta edição as Fast Talks tinham como mote “Fashion and Experiences”. O objetivo desta temática era sobretudo refletir a moda como experiência utilizando para isso as perspetivas de profissionais de áreas distintas da indústria. Os oradores Catherine da Silveira (Professora de Marketing de Luxo e Moda e Gestão de Marcas na Nova SBE), Flávia Aranha (Fashion Designer), Julien da Costa (Fashion Reporter) e Miguel Bento (Set Designer) discutiram a moda atual abordando o facto de o luxo poder ser encarado de várias formas, de acordo com a experiência que é procurada pelo consumidor. Assim, no paradigma atual a sustentabilidade pode ser uma forma de luxo na medida em que enriquece a experiência do consumidor e desculpabiliza uma compra invariavelmente associada ao gasto excessivo e, consequentemente, culpa.

 Newsletter