Os 20 anos de Harry Potter

Celebram-se, esta segunda-feira, os 20 anos do lançamento do livro Harry Potter e a Pedra Filosofal e, consecutivamente, o início da saga que atingiu recordes de venda nunca antes vistos.

 

Depois de rejeitada por dez editoras, a 26 de junho de 1997, J.K.Rowling lançou finalmente o seu primeiro livro nas livrarias britânicas. Este num instante conquistou críticos e o público por todo o mundo. Seguiram-se mais seis volumes que deram origem a oito filmes, já que o último volume foi divido em duas partes.

Esta saga narra as aventuras de Harry Potter, um aprendiz de bruxo, e dos seus amigos Rony Weasley e Hermione Granger na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts. O combate entre Harry e Lord Valdemort, um bruxo das trevas, é o foco principal da história.

Um novo mundo nasceu em volta desta narrativa. Milhares de pessoas se renderam a este fenómeno e foram inúmeros os objetos de marketing que se desenvolveram a partir daí. Foi produzida uma peça de teatro – Harry Potter e a Criança Amaldiçoada -, criados parques temáticos e circuitos – na Escócia existe uma visita guiada de quatro dias, desde Edimbug às Terras Altas; e os estúdios de filmagem, em Leavesden, deram origem a uma exposição permanente, desde 2012. Até o café onde Rowling escreveu parte do seu primeiro livro – The Elephant House – é hoje alvo de atração para milhares de fãs.

A saga Harry Potter tornou-se assim uma das sagas mais lucrativas de sempre. Com a tradução das obras para 79 idiomas, o número de vendas foi superior a 450 milhões de exemplares, faturando cerca de 7,7 bilhões de dólares. Também os filmes e outros produtos associados a esta marca renderam em conjunto 14,5 bilhões de dólares à autora.

Joanne Katheleen Rowling nasceu em Inglaterra, mas foi em Portugal que começou a escrever as aventuras de Harry Potter. Em 2016, foi eleita a melhor escritora britânica viva.

 Newsletter