Não há amor como o primeiro

O amor não começa nas palavras, mas sim nos pequenos gestos. A primeira vez que os olhares se trocam e as mãos se tocam. Os dois corações que se unem num só bater, capaz de parar o tempo.

Não há amor como o primeiro. Intenso e desconcertante, é nele que se criam as mais belas memórias que nos vão acompanhar por toda uma vida.

O primeiro amor é como a primeira joia, nunca se esquece. E por isso a Mia Jewelry sugere-lhe, neste Dia de São Valentim, peças intemporais e versáteis, que irão sempre relembrar-lhe os motivos que a fizeram apaixonar.

 Newsletter