MICKAËL DE OLIVEIRA REGRESSA A VISEU

Sócrates tem de Morrer é um díptico de peças e a mais recente criação de Mickaël Oliveira. O jovem encenador traz ao Teatro Viriato em formato de leitura encenada A Morte de Sócrates, a 13 de dezembro, e a peça A Vida de John Smith, em cena a 15 de dezembro, ambos às 21h30. Um elenco de luxo que inclui Albano Jerónimo, de regresso ao palco do Teatro Viriato nesta temporada, e Ana Bustorff, Maria Leite, Miguel Moreira, Paulo Pinto, Pedro Gil, Pedro Lacerda, Raquel Castro e Solange Freitas.

Partindo de Fédon, de Platão, A Morte de Sócrates reinventa o personagem através de um cenário alternativo ao clássico grego, onde se apresenta a utopia de um mundo livre, assegurada pela criação de um grupo terrorista que perpetue a Academia através dos tempos.

Depois de um longo sono, em A Vida de John Smith, Pedro, Maria e Sócrates (reencarnado em John Smith) acordam num tempo futuro em que a utopia se concretiza, numa comunidade definida pela primazia da alma em relação ao corpo. Uma ameaça sem precedentes coloca em perigo este cenário onírico, desenhando-se o destino que vai reger as ações das três personagens.

 Newsletter