Nasoni, pela visão de Álvaro Mendes

Até ao dia 3 de junho, no Paço Episcopal do Porto, ao lado da Sé, é possível visitar a exposição de pintura «A Invicta e a Monumentalidade Nasoni», de Álvaro Mendes.

O pintor percorre Portugal de norte a sul há vários anos e observa, de forma minuciosa, a monumentalidade da arquitetura espalhada pelas cidades. Através de aguarelas sobre papel ou de óleo sobre tela, Álvaro Mendes pinta os diferentes monumentos das diferentes cidades, com a particularidade de conjugar o exterior do edifício com elementos característicos do interior do mesmo. Sob a orientação das perspetivas já definidas, esta técnica proporciona a quem observa os quadros de Álvaro Mendes uma pluralidade de interpretações, através dos diferentes ângulos de visão.

No Porto, a arquitetura de Nasoni está espalhada pela cidade em monumentos como a Sé, a Torre dos Clérigos, a Igreja da Misericórdia ou até no Bolhão e na Ribeira. Estes são alguns dos monumentos em que Álvaro se inspira para dar asas à sua criatividade e nos contemplar com a singularidade característica das suas obras.

Esta exposição é o verdadeiro exemplo de como um criador tem a capacidade de influenciar e inspirar outro artista que, por sua vez, o homenageia.

Ana Miranda

 Newsletter