“DISCObrimentos”: Capicua e Rui Pregal da Cunha conquistam a Atmosfera M

É nos dias 18 de janeiro e 1 de fevereiro que as palavras e os desabafos dos mais reconhecidos artistas da música portuguesa vão chegar à Atmosfera M (Lisboa), para contar estórias, pelas 18:30h.

 

A porta número 5 da Rua Castilho vai abrir-se para receber Capicua e Rui Pregal da Cunha. As conquistas e conhecimentos dos artistas pretendem fazer história em conversa com o público.

A série de conversas será moderada por Rui Miguel Abreu, jornalista da revista Blitz e radialista da Antena 3, que pretende revelar todas as entrelinhas das notas que constituem as pautas que dão música aos ouvidos do público.

O reconhecimento da discografia nacional é um dos princípios que constituem a produção e realização do evento, assim como evidenciar os momentos-chave dos mais conceituados trabalhos dos artistas.

 

18 de janeiro –A “Sereia Louca” CONTA HISTÓRIAS!

A primeira convidada a chegar à Atmosfera M é Capicua.

Após o lançamento do seu álbum na Valentim de Carvalho (2014), a voz de Ana Matos Fernandes foi consagrada uma das mais importantes vozes da sua geração: “Vayorken”, “Casa de Campo” ou “Soldadinho” foram os eleitos do ano.

 

 

1 de fevereiro – O(S) Herói(s) do Mar e os nobres contos!

Os anos 80 chegam à série de conversas por Rui Pregal da Cunha, vocalista da mais emblemática banda “Os Heróis do Mar”.
O artista falará sobre o registo inaugural da banda, no qual será impossível perder o clássico Heróis do Mar de 1981, que contem trabalhos como “Brava Dança dos Heróis”, “Mar Alto” ou “Saudade” – os temas que influenciaram novas gerações de músicos até aos dias de hoje.

 Newsletter