BLOOM || INNA STUDIO  || FW – 18/19

INNA STUDIO

“Tudo o que vemos esconde outra coisa, e nós queremos sempre ver o que está escondido pelo que vemos”

Nascida em 1993, Patrícia Augusta concluiu estudos em Design de Moda em 2016, na escola Modatex, instituição através da qual teve oportunidade de desfilar no espaço Bloom do Portugal Fashion, com a coleção “Kunstformen der natur”. Anos depois, Patrícia Augusta volta a ligar-se à plataforma ao ser finalista do Concurso Bloom, com a sua marca própria INNA Studio.

A coleção aborda a busca da espiritualidade através do que nos rodeia, tentando assim alcançar a nossa verdade. Sendo a verdade relativa para cada individuo, faço uma analogia ao pensamento colectivo e como nos propomos a agradar a todos, fingindo ao mundo o que sentimos e o que não sentimos.

Usou a verdade falaciosa como um abstracto de linhas e blocos assimétricos, como referencia a exaustão de nós mesmo. As paredes e “embaranhos” que nos colocamos e fingimos derrubar, ultrapassar sem perceber que se torna uma catástrofe interior. Na colecção transpôs o conceito de uma forma cíclica, fazendo assim uma alusão as estruturas rígidas e volumosas dando a ideia de protecção e o alcance e fluidez como forma de transcendência.

Existe assim a necessidade de novos mecanismo de transformação, que nos são dados através das pedras usadas na ancestralidade e busca de energia fazendo referência a transformação atual dos coordenados e de nós mesmos.

 Newsletter