A noite de hoje será (“Blessed”) no Auditório de Serralves

O auditório de Serralves vai apresentar pela primeira vez o espetáculo da coreógrafa Meg Stuart, Blessed, esta sexta-feira (16 de junho), pelas 21:30h.
O impensável está por acontecer quando as aparições de um bailarino de carnaval brasileiro decide disfarçar-se de um rapaz, com vestimentas brancas e sandálias lisas, passeando por um sítio algures chamado paraíso, feito de  cartão com um cisne do Lago dos Cisnes, uma palmeira dos Mares do Sul e uma cabana.
Uma coprodução de  Kunstencentrum Vooruit (Gent), Volksbühne am Rosa-Luxemburg-Platz (Berlin), PACT Zollverein (Essen), Centro Cultural de Belém (Lisboa), Théâtre de la Bastille (Paris), Festival d’Automne (Paris) que revela como a decadência poderá revestir um sítio coberto de paz.

Um formato teatral denominado como apocalíptico, a chuva incontrolável traduz a destruição que está para vir representando-se através da demolição do cenário de Doris Dziersk que se vai desmorenando irregularmente.

Com uma participação assídua, o criador e interprete do espetáculo Francisco Camacho sofre uma mutação após o confronto com a tarefa impossível de construir um abrigo de cartão repleto de água.
Sendo um fenómeno da natureza , a representação do furacão Katrina, representa o colapso lento sem qualquer meio por onde fugir.

Detentora de um prémio de crítica francesa em 2008 e um Bessie Award na categoria de “outstanding visual design” em 2012, a peça de Stuart e Camacho não poderia ser um trabalho esquecido.

Os artistas trabalharam pela primeira vez juntos em “Disfigure Study”, em 1991, e é, em 2007, que Stuart desenvolveu para Blessed procurando em Francisco Camanho a personagem perfeita.

Dez anos depois, a produção apresentada revela um reportório de aprofundamento, no qual o bailarino tenta impulsionar um Pseudo-Paradaise  focando-se na luta pela sobrevivência, pelo poder da estética e da destruição.

A presença alemã encontra-se inevitavelmente presente sendo o mesmo co-financiado pelo NATIONALES PERFORMANCE NETZ (NPN) International Guest Performance Fund for Dance, através de Fundos da Comissão para a Cultura e Media do Governo Federal Alemão.

Sendo um espetáculo com muito por descobrir, apresenta-se na invicta não só no dia de hoje, mas também amanhã (17 de junho) pelas 19:30h.
Os bilhetes custam 10 euros e podem ser adquiridos na Fundação de Serralves.

 Newsletter